Chapecoense firma convênio com o Observatório Social de Chapecó

No mês de dezembro, Associação Chapecoense de Futebol e Observatório Social firmaram convênio de cooperação técnica, institucional e comercial para a realização da troca de tecnologias e informações nas tomadas de preço realizadas pelo clube.

O convênio assinado neste mês torna-se um marco para a Chapecoense, na busca pela transparência e padronização nas tomadas de preço que serão realizadas desde então. O Observatório Social tem a missão de contribuir para o controle social na aplicação de recursos públicos e para promoção de uma sociedade ética, por meio de práticas transparentes e apartidárias.

Para o Presidente da Chapecoense, Plinio David de Nes Filho a assinatura do convênio é um avanço na política de transparência do clube. “Estamos cumprindo com a nossa tarefa com administração da Chapecoense, que é ser cada vez mais transparente em nossos atos e atitudes dentro do nosso clube. Por isso o Observatório social terá sua presença constante no acompanhamento de nossos editais de contratação de serviços e obras. Este é mais um ato do nosso modelo de gestão de transparência total”.

Em janeiro a Chapecoense iniciou o processo de governança corporativa, um projeto que envolve o relacionamento entre conselhos, diretoria, sócios e órgãos de fiscalização. O Diretor Administrativo Financeiro, Roberto Aurélio Merlo enfatizou o esforço e cooperação dos conselhos gestor e fiscal da Chapecoense.

“O Conselho Deliberativo tem nos acompanhado durante esse tempo e nos ajudado intensamente em nosso trabalho, bem como o conselho fiscal que tem feito constantemente uma análise de todas as informações e documentos que fazem parte do clube e nos passam orientações para que possamos formalizar todos os atos praticados pela gestão e profissionalizar o clube. Esse projeto dá muita credibilidade e transparência na gestão”.

O Diretor ainda salienta que as conversas com o Observatório Social para a implantação do convênio iniciaram em meados de 2017 e vê como fundamental a participação da instituição neste processo de governança corporativa.

“ Dentre todos esses mecanismos chegou a hora de firmarmos esse termo de cooperação com o Observatório Social de Chapecó, que é um dos mais reconhecidos do Brasil. Como falou o Presidente Plínio, o Observatório vem para nos ajudar nos processos de tomada de preço. Essa formalização vem para que todos saibam onde a Chapecoense investe cada Real arrecadado”.

O Presidente do Observatório Social, Armelindo Carraro, falou do exemplo que a Chapecoense está dando, inclusive em nível nacional, de transparência na gestão. “ Para nós foi uma surpresa muito grande sermos convidados por uma instituição que não tem o caráter público. Isso é um exemplo em nível nacional que deve ser citado aqui, muito pelo desejo da administração  do clube em aplicar cada vez mais a transparência em sua gestão”.

Editorial

Notícias relacionadas


Últimas Notícias

Primeira edição do Outlet do Verdão acontecerá na próxima semana

Chapecoense é o primeiro clube brasileiro a lançar e-book escrito pelos atletas da base

Pré-temporada do Verdão terá início na próxima semana

Informação | 7 de dezembro de 2022

Alexandre Souza é o novo preparador físico da Chapecoense

×