Notícias

Aguerrida, Chape conquista empate diante do Grêmio em Porto Alegre

06/08/2019 - 15:00

Foto: Márcio Cunha/ACF

Para melhorar a segunda de qualquer apaixonado por futebol: assim foi a partida desta noite, disputada entre Grêmio e Chapecoense e válida pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em Porto Alegre, as equipes entraram em campo para protagonizar um espetáculo com seis gols. No embate de extremo equilíbrio, a Chapecoense saiu atrás no placar e buscou o empate em duas oportunidades. Jogando de forma muito aguerrida, o time alviverde chegou a alcançar a virada, mas viu o adversário igualar e dar números finais ao confronto. 

A partida: 

Foto: Márcio Cunha/ACF

Jogando diante da sua torcida, foi o Grêmio quem começou a partida indo pra cima e, logo aos oito minutos, abrindo o placar com gol de Geromel. A Chape, no entanto, não se intimidou, e precisou de apenas três minutos para empatar. Everaldo se livrou com muito estilo de Kannemann e Geromel e, com chute açucarado, estufou as redes. O ritmo do confronto continuou eletrizante e, aos 25, Éverton Cebolinha colocou o adversário novamente em vantagem. Aguerrida, a Chape não aceitou a desvantagem e buscou o empate ainda no primeiro tempo. Aos 33, Camilo cobrou escanteio e Campanharo subiu mais alto que a defesa para marcar o segundo do Verdão. 

A volta para a etapa complementar foi com a Chape comandando as ações da partida e chegando à virada. Aos 14 minutos, Augusto disparou em velocidade pela direita e lançou Arthur Gomes, que não desperdiçou e marcou o terceiro do Verdão. Em desvantagem, o técnico adversário promoveu mudanças na equipe e passou a pressionar, mas esbarrou nos milagres do goleiro Tiepo. Aos 35, no entanto, Tardelli cabeceou e, novamente, deixou tudo igual na Arena do Grêmio. Placar final de 3 a 3 em Porto Alegre. 

Foto: Márcio Cunha/ACF

Fala, professor!

Ao final da partida, o comandante Emerson Cris valorizou o ponto conquistado fora de casa e exaltou o espírito da equipe. “Temos que exaltar o resgate do DNA. É uma equipe que tem que vibrar, tem que lutar, tem que correr até o último minuto como foi hoje (...) esse é o espírito. Essa é entrega. Isso é o que temos que fazer daqui pra frente. Enfrentamos um adversário muito forte. Um dos maiores da América, com um dos maiores treinadores. Então, dentro da nossa proposta, isso foi positivo”. 

Agenda da Chape:

O próximo compromisso da Chapecoense é no próximo sábado (10), novamente fora de casa. Na Arena Castelão, o time alviverde enfrenta o Ceará em partida válida pela 14ª rodada do Brasileirão. 

Por Alessandra Seidel 

Receba novidades e conteúdos exclusivos
Seu email foi cadastrado com sucesso!
Patrocinadores
Aurora
Havan
Unimed
Umbro
Sicoob MaxiCrédito
Apoiadores
Brahma
Volkswagen