A Chapecoense encerrou da disputa a 2ª Copa Gramado sub-16

A base da Chapecoense disputou nos dias 12, 13 e 14 de setembro a 2ª Copa Gramado Laghetto, no município de Gramado. A competição contou com oito times de todo o território nacional: Chapecoense, Palmeiras, Grêmio, Atlético Mineiro, Gramadense, Flamengo, Internacional e Juventude. Com um revés e dois empates, a categoria se despediu da competição.

A estreia ocorreu contra a equipe do Flamengo e, nos primeiros minutos, a equipe adversária abriu o placar. A primeira chegada da Chapecoense saiu da perna esquerda de Felipe Tasca aos oito minutos. Na sequência, o volante chapecoense Godoy arriscou o chute de dentro da área em mais uma chegada Alviverde. Aos 26, Kassinho sofreu um pênalti e o mesmo converteu, empatando a partida. Embalado, o time do oeste catarinense chegou novamente com perigo: após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Marco Gabriel que encontrou Marco Anthônio e finalizou dentro da grande área. Em resposta, a equipe flamenguista teve um pênalti a favor e converteu, ficando novamente a frente do placar. Na segunda etapa, a equipe carioca aumentou o placar aos 10 minutos após cobrança de falta. A partida terminou em 3 a 1 para o Flamengo, com a Chapecoense jogando de igual para igual apesar do resultado.

O duelo de Verdões entre Chapecoense e Juventude fechou a tarde do dia 13. Na última partida do dia, logo aos seis minutos, um pênalti assinalado para a equipe gaúcha abriu o placar da partida. Seis minutos depois, a Chapecoense respondeu com Kassinho pelo lado esquerdo; ele avançou em velocidade e limpou três marcadores, mas foi desarmado pela cobertura. Aos 18, Junior avançou em velocidade até a linha de fundo, tocou para Roberto que dominou e encontrou Kassinho, finalizando em cima da defesa adversária. No lance seguinte, o Juventude respondeu após cobrança de falta, mas o goleiro chapecoense fez defesa providencial e evitou o segundo gol do adversário. A Chapecoense voltou com substituições para o segundo tempo e, aos 15, Guilherme acertou a cobrança de falta, empatando a partida para a Chapecoense. Já nos acréscimos, a virada alviverde quase aconteceu após chute de Roberto, mas a bola passou rente à trave, determinando em 1 a 1 o placar final.

A última participação da Chapecoense na competição foi contra a equipe do Internacional. Aos dois minutos, a equipe colorada abriu o placar da partida, mas a resposta alviverde foi rápida e no lance seguinte, Welliton deixou tudo igual para a Chape após cobrança de escanteio. Na sequência do embate, Kauê Arno – aos 20 – avançou e arriscou a finalização de fora da área, desviando na defesa gaúcha. A virada Alviverde veio no minuto 34: Kassinho recebeu pela direita, fintou o defensor adversário e cruzou na medida para Roberto que, de cabeça, balançou as redes para a Chapecoense. O segundo período começou movimentado com Marco Anthônio que avançou pela esquerda e cruzou para Rodrigo com uma finalização perigosa. A Chape ia assegurando o resultado positivo até os últimos minutos, mas, no apagar das luzes, a equipe colorada encontrou o empate, 2 a 2 foi o resultado final.

Com esses resultados, a Chapecoense somou dois pontos na competição com quatro gols assinalados e seis sofridos. As disputas se encerram no sábado (17), com a realização da final, às 9h30.

Foto: Gerson Sorgetz

Notícias relacionadas


Últimas Notícias

Primeira edição do Outlet do Verdão acontecerá na próxima semana

Chapecoense é o primeiro clube brasileiro a lançar e-book escrito pelos atletas da base

Pré-temporada do Verdão terá início na próxima semana

Informação | 7 de dezembro de 2022

Alexandre Souza é o novo preparador físico da Chapecoense

×