Destaque na vitória contra o internacional, Jandrei revela momentos antes e depois da defesa histórica

Na vitória desta segunda-feira, diante do Internacional, Jandrei foi um dos grandes destaques. O goleiro da Chape defendeu um pênalti aos 49 minutos do segundo tempo, e, no minuto seguinte, fez mais um grande defesa cara a cara com o centroavante colorado, Leandro Damião. O arqueiro conta como viveu os instantes que antecederam a cobrança de pênalti.

“Busquei me concentrar o máximo para ajudar a equipe. Me passou pela cabeça que não era justo a gente sair do jogo com o empate. Fomos melhores, sabia que merecíamos sair com a vitória. Também lembrei do que estudei do adversário e pude fazer a defesa e ajudar a Chape”, disse.

Após a defesa de Jandrei, a Arena Condá explodiu em emoção, tanto nas arquibancadas, como dentro de campo.

“O pênalti para o goleiro é como se fosse um gol. É um momento nosso contra o atacante. Depois da defesa teve muita comemoração, por conta do que o jogo significava e por estar nos minutos finais. Era um lance para nos colocar mais acima na tabela, numa situação menos incômoda.”

Entrega da equipe

O goleiro da Chape destaca a luta de toda a equipe para conquistar os resultados positivos.

“Como eu falei dentro de campo, nossa motivação tem que ser a mesma, independente de jogar contra o líder ou contra o lanterna. Nesses dois último jogos em casa mostramos isso. A gente lutou, batalhou, saímos perdendo e conseguimos virar. Foram duas vitórias importantes que nos tiraram da zona de rebaixamento e nos deram tranquilidade, mais confiança para o jogo da próxima segunda-feira”, destacou.

Além de Jandrei, outro protagonista na vitória diante do Internacional, foi o centroavante Leandro Pereira. O camisa 90 marcou os dois gols e chegou a seis no Campeonato Brasileiro, se isolando como artilheiro do Verdão nesta competição. Leandro lembrou do confronto entre as duas equipes em 2014, quando a Chape venceu por 5 a 0 e ele também balançou as redes em duas oportunidades.

“Fico muito feliz em repetir o feito de 2014, quando nós conseguimos uma vitória contra eles e eu pude marcar dois gols. Tenho que agradecer a deus pelo momento e ressaltar a união do grupo, a entrega e o desejo pela vitória. Agora temos que nos focar cada vez mais para continuar fazendo bons jogos na sequência da competição.”

Por Rafael Bressan

Notícias relacionadas


Últimas Notícias

Três categorias e quatro finais: Base da Chape é destaque em Santa Catarina

Fechados com a Chape: meio-campo Kaio Mendes e atacante Danrlei são oficializados pelo clube

Chape renova contratos com Cleylton, Kevin, Ronei e Pablo Oliveira

Chapecoense é vice-campeã do Sul-Brasileiro BG Prime sub-17

Para Sempre Lembrados: Chapecoense divulga iniciativas para o dia 29 de novembro

×