Com o pé direito: Chape apresenta elenco e sai vitoriosa do primeiro compromisso de 2018

A noite deste sábado (13) serviu para acabar com saudade do torcedor alviverde. Isso porque, pouco mais de um mês após a última partida de 2017 – que aconteceu no dia 03 de dezembro, contra o Coritiba – a Chapecoense voltou a campo para os desafios da nova temporada. Os alto-falantes da Arena Condá anunciaram o “exército alviverde” formado para as batalhas de 2018 e, dos velhos conhecidos às novas caras, os atletas foram sendo chamados, um a um, para adentrar o gramado – literalmente – com o pé direito. E mesmo com a chuva – que intimidou alguns torcedores – foi possível sentir a atmosfera que só existe no Condá. Além das apresentações, merecidas honras e saudações mútuas entre atletas e torcida, a noite serviu como o primeiro teste da equipe no ano.

Com a base de 2017 mantida, o técnico Gilson Kleina mandou a campo entre os titulares – para a partida amistosa contra o Tubarão – o estreante Bruno Pacheco, na lateral esquerda, e o atacante Guilherme. Dos pés do camisa 7, inclusive, saiu o primeiro gol do Verdão. Aos 22 minutos, após boa jogada de Apodi pela direita – onde aconteceram as melhores investidas da Chape – o lateral cruzou rasteiro para Guilherme, que tocou direto para o fundo das redes. Na comemoração, fez questão de chamar todos os companheiros – dos titulares ao suplentes – para ilustrar no abraço coletivo a união e a força da “família” Chapecoense. A Chape seguiu criando boas oportunidades e dominando as ações da partida e,aos 39, Nadson levantou a bola na área para Amaral ampliar e determinar o placar da etapa inicial em 2 a 0.

A etapa complementar serviu para testes de ambas as equipes. Do lado da Chape, Kleina alterou as 11 peças, colocando em campo inúmeras novidades. Os contratados Eduardo e Vinícius puderam mostrar trabalho, bem como os meninos da base alviverde, Perotti, Hiago e Guarapuava. Quem também entrou em campo no segundo tempo foi Alan Ruschel – o responsável pelo terceiro gol da equipe no amistoso. Aos 29, após falha da defesa adversária, Perotti roubou a bola e tocou para Vinícius, que cruzou na medida para Ruschel converter, marcando o seu primeiro gol na Arena Condá após a sua “reestreia” no futebol. O Tubarão ainda diminuiu com gol de Índio, aos 31, e de Batista, aos 43. Placar final de 3 a 2.

Após a partida, Gilson Kleina avaliou de forma bastante positiva o amistoso contra o Tubarão e afirmou que há muito a se destacar na equipe da Chape, mesmo com pouco tempo de preparação. “O torcedor que veio aqui percebeu que nós mantivemos a identidade. O conjunto fez muita diferença no primeiro tempo. Tanto é que nós tivemos o controle do jogo e controlamos o ímpeto do adversário”, afirmou

Na próxima quarta-feira, a Chapecoense viaja até Concórdia, onde enfrenta a equipe da casa pela primeira rodada do Campeonato Catarinense 2018.

Por Alessandra Seidel

Notícias relacionadas


Últimas Notícias

Chapecoense é o primeiro clube brasileiro a lançar e-book escrito pelos atletas da base

Pré-temporada do Verdão terá início na próxima semana

Informação | 7 de dezembro de 2022

Alexandre Souza é o novo preparador físico da Chapecoense

Chapecoense sub-20 se reapresenta para a preparação da Copa São Paulo

×