Chape perde para o Flamengo

Na tarde do último domingo (15), a Chapecoense entrou em campo na Arena Condá, diante de mais de 10 mil torcedores, para enfrentar a equipe do Flamengo em partida válida pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em jogo movimentado – com pênalti defendido por Jandrei e equilíbrio entre os dois times durante os 90 minutos – a Chape teve atuação consistente, mas acabou superada pelo adversário por placar mínimo – com gol de Diego aos 34 da etapa final.

Após o revés diante do Botafogo, fora de casa, a Chape foi para a partida contra o Flamengo ciente da importância da vitória e iniciou o jogo pressionando a equipe carioca. Outra arma do time alviverde foi manter a marcação bem postada e anular a criação rubro-negra, que teve dificuldades para chegar ao gol de Jandrei e, quando chegou, encontrou o arqueiro da Chapecoense atento aos lances.

A volta para o segundo tempo foi com o mesmo ímpeto por parte das duas equipes e, consequentemente, o mesmo equilíbrio da etapa inicial. Enquanto o Flamengo encontrava dificuldades para chegar com efetividade ao ataque, a Chape levou perigo ao gol de Diego Alves aos 25 minutos, em cobrança de falta de Reinaldo para finalização de Wellington Paulista, que obrigou o goleiro adversário a trabalhar. No lance seguinte, a arbitragem sinalizou toque de mão de Douglas e marcou pênalti para o Flamengo. Na cobrança de Éverton Ribeiro, Jandrei foi seguro e com facilidade para defender. O jogo perdeu em criatividade para ambos os lados e, aos 34, Diego marcou para o time carioca, determinando o placar final em 0 x 1.

Mesmo com o revés, após a partida contra a equipe carioca, o comandante Emerson Cris destacou o comprometimento do grupo. “A entrega dos atletas, a disposição, a determinação, aquela  proposta que a gente tinha feito todos cumpriram da melhor forma possível. Mas num único lance – de uma equipe como o time do Flamengo – mata o jogo” destacou. “A gente fez o possível, treinamos as deficiências que tínhamos. Eu não tiro o mérito dos nosso atletas, eu coloco o mérito no goleiro adversário, que fez pelo menos duas ou três grandes defesas que não permitiram que a gente fizesse o gol”, finalizou.

O próximo compromisso alviverde é longe da Arena Condá. Na quarta-feira (18), às 21h, o Verdão enfrenta o Atlético Mineiro em Minas Gerais.

Texto: Alessandra Seidel | Fotos: Sirli Freitas

Notícias relacionadas


Últimas Notícias

Fechado com a Chape: Goleiro Airton é o novo reforço do Verdão

Três categorias e quatro finais: Base da Chape é destaque em Santa Catarina

Fechados com a Chape: meio-campo Kaio Mendes e atacante Danrlei são oficializados pelo clube

Chape renova contratos com Cleylton, Kevin, Ronei e Pablo Oliveira

Chapecoense é vice-campeã do Sul-Brasileiro BG Prime sub-17

×