Notícias

Chape conquista vitória em reencontro com o San Lorenzo

11/07/2018 - 23:31

Foto: Sirli Freitas/Chapecoense

A noite desta quarta-feira (11), na Arena Condá, foi de reencontro entre Chapecoense e San Lorenzo - times que disputaram a emblemática semifinal da Taça Sul-Americana em 2016. Como parte da programação da intertemporada, a partida entre as duas equipes teve caráter amistoso, mas garantiu aos participantes o Troféu Mário Lanznaster. Além disso, a noite fria marcou o reencontro entre a Chape e o torcedor, que pôde presenciar a vitória alviverde por 2 a 1 sobre o tradicional clube argentino e 90 minutos de futebol muito bem jogados. 

A partida: 

Foto: Sirli Freitas/Chapecoense

Mesmo com o caráter amistoso da partida, a Chapecoense entrou em campo disposta a mostrar serviço.  Bastou uma volta completa do ponteiro no relógio para a equipe alviverde abrir o placar, com assistência de Vinícius para gol do capitão Wellington Paulista. Logo na sequência, aos sete minutos, Paulista retribuiu a gentileza e tocou para Vinícius, que por pouco não ampliou a vantagem.

Sentindo a falta de ritmo de jogo, foi na bola parada que a equipe do San Lorenzo deu a resposta. Aos 13 minutos, o zagueiro Paulo Díaz aproveitou cobrança de escanteio e marcou, de cabeça, para deixar tudo igual. O equilíbrio no placar refletiu na partida, que desacelerou após o empate. Aos 43, foi a vez da Chapecoense aproveitar o recurso da bola parada: após cobrança de falta de Luiz Antonio, Luiz Otávio colocou o Verdão, novamente, em vantagem.

Na volta para a etapa complementar, o técnico Gilson Kleina promoveu 10 alterações e aproveitou para promover as estreias de Agustín Doffo e Marcos Vinícius e testar esquemas táticos. O jogo seguiu bastante movimentado, mas com as equipes levando menos perigo às metas adversárias, determinando o placar final em 2 a 1 para a Chapecoense.

Foto: Sirli Freitas/Chapecoense

Palavra do Comandante

Após a partida, o técnico Gilson Kleina avaliou o desempenho da equipe e comemorou o resultado positivo.

“Nós tínhamos que manter nosso espírito, que é o importante. A gente sabe que se não competir, se não for de uma forma agressiva, nesses jogos você nao consegue demonstrar seu futebol. Acho que pelas mudanças que nós tivemos, a equipe teve um padrão de jogo, conseguiu igualar, seguiu muito bem”, disse.

Foto: Sirli Freitas/Chapecoense

Calendário


A Chapecoense volta a campo, de maneira oficial, no dia 19 de julho, às 19h30, na Arena Condá, em partida que marca o reinício do Brasileirão. Até lá, o elenco segue treinando firme para os compromissos do segundo semestre de 2018.


Por Alessandra Seidel 
 

Receba novidades e conteúdos exclusivos
Seu email foi cadastrado com sucesso!
Patrocinadores
Aurora
Havan
Unimed
Umbro
Umbro
Apoiadores
Brahma
Volkswagen