Notícias

Ano de evolução, formação e entrega: Base da Chapecoense faz balanço da temporada

13/12/2019 - 10:49

Foto: Rafael Pedroso/ACFApós um ano recheado de disputas e muitos momentos de aprendizado, a base da Chapecoense concluiu as atividades da temporada 2019. Exceto o sub-20 - que treina visando a Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2020 - todas as demais categorias encerraram o período de treinos e competições. 

Neste ano, os times das categorias de formação do Verdão disputaram competições a nível estadual, nacional e regional. Fazendo um balanço da temporada, os técnicos das equipes sub-10, sub-11, sub-12, sub-13, sub-15, sub-17 e o sub-20 falaram sobre os aprendizados de 2019 e as projeções para 2020. 

Sub-11:

Gabriel Dias, técnico que assumiu as categorias Sub-10 e Sub-11, destacou o quanto o ano foi positivo tanto para o grupo quanto para ele, que teve a primeira experiência como treinador. “Foi uma experiência nova para mim, um ano bom, várias competições. Tanto pra nós quanto para todas as bases, conseguimos chegar na cabeça com quase todas as categorias que trabalhamos.” Apesar do desafios, como o calendário com poucas competições, o sub-11 disputou a Copa São Ludgero e a BG Prime. Na Copa São Ludgero a equipe foi desclassificada nas quartas de finais de pênaltis para o Avaí. E no Sul Brasileiro BG Prime, a categoria se classificou no último domingo em 5º lugar. 

Sub-12:

Foto: Rafael Bressan/ACFPara Eduardo dos Santos, técnico do sub-12, a temporada foi de crescimento e novos desafios. Entre os principais, a busca por novos atletas e a intenção de proporcionar rodagem e minutagem aos meninos. Neste aspecto,  o time se saiu muito bem. Em termos de competições, o Sub-12 disputou a Copa Frederico onde se sagrou campeão; No Sul Brasileiro BG Prime, chegaram à semifinal; Na Copa Sarandi, finalizaram a competição em quarto lugar. “O ano de 2019 foi de crescimento da categoria. Conseguiu iniciar o ano bem estruturada vindo do Sub-11 e consegue entregar com uma estrutura ainda melhor para o Sub-13 ano que vem”. 

Sub-13:

Foto:  Rafael Pedroso/ACFNo Sub-13, a técnica Nívia Maria finalizou um ano com grandes feitos e de muitos objetivos alcançados. “Pra mim foi um ano que a gente conseguiu manter o nível de competitividade, que exige desse clube, que tem uma tradição na categoria de base”. A equipe enfrentou o desafio de competir na primeira edição da Copa Santa Catarina Sub-13, finalizaram a participação como vice-campeã. Além da Copa SC, também disputaram o Sul Brasileiro BG Prime, se classificando para a segunda fase, e a Copa São Ludgero, onde foram até a semifinal. “Nessas categorias menores além do título que é importante, o mais relevante é a formação, para deixar ao próximo técnico ou próxima categoria, meninos aptos e com condições para vestir a camisa Chapecoense.” finaliza Nivia.

Sub-15:

Para o técnico Yan Razera, o ano do sub-15 foi de crescimento. O time alviverde disputou o Campeonato Catarinense, fazendo uma boa campanha e se sagrando vice-campeão;  Jogaram a Taça da Amizade em Roca Sales-RS, terminando, também, na segunda posição; e, no Sul Brasileiro BG Prime, disputado na categoria Sub-14, a equipe avançou até a semifinal. “O balanço foi positivo, vários atletas se destacando nos campeonatos que disputaram. Esperamos que ano que vem tenhamos um ganho e um salto de qualidade tanto no trabalho quanto no aproveitamento, com as conquistas de títulos nas categorias”.  

Sub-17:

Foto: Rafael Pedroso/ACFGiovani Rigotti, que assumiu a categoria Sub-17 na temporada 2019, falou da importância do trabalho para retomar a confiança da equipe. “Em 2019, peguei uma equipe desacreditada, sem confiança, com muita dificuldade técnica e tática. Porém, com muito trabalho e dedicação, bem como com as condições dadas pela diretoria e coordenação, além de estudo e disciplina, os atletas passaram a comprar nossa ideia e aos poucos tivemos a evolução que desejávamos. Com isso, nos classificamos entre os 8 melhores no estadual e conseguimos eliminar a melhor equipe da competição, o Avaí.” Entre as principais competições do ano, o Sub-17 disputou o Campeonato Brasileiro e o Campeonato Catarinense, chegando à semifinal do estadual. 

Sub-20:

Foto: Rafael Pedroso/ACFMesmo com as atenções voltadas à preparação para a próxima temporada - que inicia, para o sub-20, no dia 03 de janeiro, na Copa São Paulo - o técnico Max Sandro de Oliveira, falou sobre o desafio de trabalhar com um grande número de atletas em 2019. Neste sentido, sua principal responsabilidade foi desenvolver o perfil de cada um a fim de entender quais poderiam permanecer no clube, considerando as possibilidades de evolução e de, futuramente, contribuir com a equipe alviverde. Com relação aos campeonatos, o sub-20 disputou o  Campeonato Catarinense, ficando com o segundo lugar; Na Copa do Brasil, o time avançou até a segunda fase e, no Campeonato Brasilileiro, foi apenas até a primeira etapa. “Temos jogadores bons na nossa base, porém esperamos qualificar ainda mais o que estamos fazendo. E com certeza daqui a dois anos, conseguiremos estar em um nível muito melhor do que estamos hoje com um trabalho que vem sendo desenvolvido”. finaliza. 

Por Rafael Pedroso

Receba novidades e conteúdos exclusivos
Seu email foi cadastrado com sucesso!
Patrocinadores
Aurora
Havan
Unimed
Umbro
Sicoob MaxiCrédito
Apoiadores
Brahma
Volkswagen