Noticias

Chapecoense realiza sétima testagem para Covid-19

13/07/2020 - 12:08

Foto: Márcio Cunha / ACF

Após a retomada dos treinamentos – no mês de maio – a Chapecoense toma todos os cuidados necessários para garantir a saúde de todos seus colaboradores e atletas. Uma prática corriqueira adotada pelo departamento médico e diretoria do clube, foi a realização de testes para verificar a presença, ou não, do Covid-19. Nesta segunda-feira (13), na Arena Condá, a Chapecoense realizará mais uma bateria de testes, a sétima desde o inicio do trabalho em meio a pandemia.

De acordo com o médico da Chapecoense Fabiano Winckler, a sétima testagem foi decidida em reunião, realizada no último domingo (12). “A decisão que foi tomada para realizar esta nova bateria de testes, veio de uma reunião do departamento médico junto com a diretoria e presidência do clube. Achamos necessário que todos os atletas envolvidos neste momento e que estão negativos, fossem testados novamente, porque testaram na terça-feira da semana passada e já se passou um semana... Vamos continuar o monitoramento destes atletas diariamente, tanto os positivos quanto os negativos, de maneira de inquérito epidemiológico. As pessoas envolvidas diretamente com o futebol profissional da Chapecoense serão avaliadas também de maneira rotineira através do inquérito”.

Fabiano destaca os cuidados tomados pelo clube desde o início aos treinos. “A Chapecoense desde o inicio do campeonato, desde o inicio aos treinamentos, sempre se preocupou de maneira integral com o retorno. Levamos à risca o protocolo criado pela CBF e o protocolo das prefeituras em relação a segurança de trabalho de todos os funcionários. Realizamos uma bateria de testes no retorno ao treinamento dos atletas, com isso, estando negativos, liberamos para o início. É verificada de maneira diária, o inquérito epidemiológico de todas as pessoas que entram ao CT e que estão vinculadas ao departamento de futebol”.

CRONOGRAMA DE TESTAGENS E DESINFECÇÃO
20/05 - Primeira bateria de testes / RT-PCR
39 realizados: todos negativos.
22/05 - Segunda bateria de testes / Rápidos
221 realizados: 219 negativos e 2 positivos.
04/06 - Terceira bateria de testes / RT-PCR
42 realizados: todos realizados com resultado negativo.
15/06 - Quarta bateria de testes / RT-PCR
42 realizados: todos com o resultado negativo.
16/06 - Desinfecção na estrutura do CT.
17/06 - Desinfecção na estrutura da Arena Condá.
07/07 - Quinta bateria de testes / RT-PCR e Rápidos
RT-PCR / 50 realizados: Membros da comissão técnica e atletas com resultados positivos.
Rápidos / Média de 70 realizados: todos os resultados negativos.
10/07 - Sexta bateria de testes / Rápidos
Realizado em toda delegação que viajou para Florianópolis: todos negativos.

Por fim, o médico da Chape analisa o processo de testagens até o momento. “Foi realizado até o momento seis baterias de testes, teste mais completo, que mostra o vírus em tempo real, que é chamado de RT-PCR e acontece por meio de biologia molecular. Estes testes foram realizados no inicio do treinamento, lá em maio e seguido em cada fase de evolução. Desde a fase de trabalho individual até a fase de grupos, com confrontos individuais e coletivos”.

Por Guilherme Griebeler

Reciba novedades y contenidos exclusivos
Su correo electrónico se ha registrado correctamente!
Patrocinadores
Aurora
Unimed
Umbro
Sicoob MaxiCrédito
RENOVIGI
Apoiadores
Brahma
Betsul