News

Nota de Repúdio - 11/04/2019

11/04/2019 - 21:15

Na noite de ontem, ao deixar o gramado após a partida entre Criciúma e Chapecoense, o lateral Eduardo, infelizmente, foi mais uma das vítimas do racismo. O atleta foi chamado de macaco por uma pessoa que estava na torcida adversária, mas que, certamente, não representa em nada os torcedores carvoeiros - que receberam, de forma digna e civilizada, a delegação alviverde, fazendo uma bonita festa no Heriberto Hülse.

Em sinal de respeito e apoio ao atleta e diante de um fato tão infeliz, a Associação Chapecoense de Futebol reitera o seu repúdio, de forma veemente, a qualquer manifestação de preconceito e considera incabível, retrógrado e infundado que, ainda hoje, o racismo seja uma realidade "comum" na nossa sociedade e no futebol - famoso por nos unir nas diferenças. 

O clube não ficará inerte diante deste ocorrido e lutará para que todas as medidas cabíveis sejam tomadas. Racismo não é normal e está atitude não passará. 

Somos todos iguais

Receive news and exclusive content
Your email has been successfully registered!
Sponsors
Aurora
Havan
Unimed
Umbro
Sicoob MaxiCrédito
Supporters
Brahma
Volkswagen