News

Diante da torcida, Chape definde futuro na Sul-Americana

19/02/2019 - 13:56

Foto: Márcio Cunha-ACF

A Chapecoense entra em campo na noite desta terça-feira (19), na Arena Condá, para mais uma grande decisão. Às 21h30 a equipe receberá o Unión La Calera para a partida de volta da primeira fase da Copa Sul-Americana. Depois do empate sem gols no Chile, a Chape precisa da vitória para avançar na competição. O resultado igual ao do primeiro jogo leva a decisão para os pênaltis e o empate com gols classifica o adversário.

O técnico Claudinei Oliveira não espera vida fácil, mas afirma que não irá faltar comprometimento da equipe. “Cada competição tem seu regulamento específico, suas nuances, e a Copa Sul-Americana tem o gol qualificado. A gente sabe que se sofrer um gol, tem que fazer dois. Temos que vencer o jogo para classificar, que é o mais importante (...). A questão de motivação, eu não acho que seja maior ou menor. Em termos de comprometimento, independente de qualquer competição, de jogos treino, de tudo o que eles têm feito, eles tem mostrado um comprometimento muito grande” afirmou.

O lateral Bruno Pacheco reforçou a afirmação do comandante e garantiu que o time vai entrar em campo para dar o melhor. “Independente da competição que a gente está, entramos em campo buscando sempre o melhor. É claro, o regulamento é totalmente diferente. É uma competição que a gente não pode falhar. É um jogo decisivo e a gente tem que saber jogar. Saber que estamos jogando em casa e que precisamos do resultado, mas sem loucura, com os pés no chão. A gente sabe como o adversário joga, fizemos um grande resultado na primeira partida e temos tudo pra decidir dentro de casa”.

Jogando em casa, a Chapecoense tem um retrospecto extremamente positivo ao seu favor. A equipe não perdeu nenhuma partida válida pela Sul-Americana na Arena Condá. Além do histórico favorável, o apoio do torcedor também é fator determinante. “A gente jogando em casa, no nosso gramado, com o apoio da nossa torcida, não que seja mais fácil, mas a gente está mais adaptado. Temos que estar preparados,  focados, 100% ligados e sabendo que a gente tem totais condições de sair classificados” destacou Bruno Pacheco.

O técnico Claudinei Oliveira também falou da importância do apoio das arquibancadas e destacou o quanto isso motiva a equipe. “A gente espera contar com o apoio do torcedor. No momento mais difícil, no ano passado, eles estiveram ao nosso lado. E esse é um daqueles jogos que a gente não tem outro. Contra o Unión La Calera, são esses 90 minutos. Tomara que nos classifiquemos sem precisar cobrar pênaltis… A gente precisa do torcedor ao nosso lado, nos incentivando. Quando eles jogam conosco, as coisas ficam mais fáceis… ou menos difíceis. O ano passado mostrou isso. É lógico que não podemos querer que eles resolvam o jogo pra eles, quem resolve são os atletas dentro de campo, mas com o torcedor apoiando e entendendo as dificuldades que cada jogo vai apresentar, as coisas ficam mais fáceis” finalizou.

Por Alessandra Seidel 

Receive news and exclusive content
Your email has been successfully registered!
Sponsors
Aurora
Havan
Unimed
Umbro
Sicoob MaxiCrédito
Supporters
Brahma
Volkswagen