News

CHAPECOENSE TEM CINCO ATLETAS CONVOCADAS PARA SELEÇÃO BRASILEIRA SUB 17

03/03/2017 - 11:54

Na sexta-feira (24), cinco atletas da Chapecoense foram convocadas para a Seleção Brasileira Feminina Sub 17. São elas: Beatriz Bueno Nicoleti - goleira, Natália Detone - lateral esquerda, Bruna Santos Nhaia - lateral direita, Yasmin Cosmann - zagueira, Julia Daltoé Lordes - meia. As meninas vão participar de um período de treinamentos e amistosos entre os dias 13 e 25 de março. As atividades acontecerão na Granja Comary, centro de treinamento da Seleção principal, e fazem parte do processo de preparação da equipe que vai disputar o campeonato Sul-Americano de 2018.

A Chapecoense é o clube com maior número de jogadoras nesta convocação. Das cinco convocadas, apenas a goleira Beatriz já foi chamada em outras ocasiões, essa é a quinta oportunidade. As demais estão pela primeira vez entre as relacionadas. As atletas estavam na escola quando receberam a notícia, todas afirmam que a ficha ainda não caiu. “Minha amiga disse, ‘se fosse eu iria pular de alegria’, mas ainda parece que não é verdade, a ficha não caiu”, conta Bruna, de apenas 14 anos. Segundo elas, a primeira reação foi ligar para os pais e contar a novidade, o que causou comoção e felicidade nos familiares. Yasmin, natural de Seara-SC, conta que a cidade toda já ficou sabendo da notícia, e que isso é muito legal.

Cleto Schuster, técnico das meninas, demonstra enorme satisfação com a conquista pessoal das atletas. “Me sinto muito feliz porque elas merecem, por tudo o que batalharam até agora.” Ele também demonstra otimismo com futuras convocações. “Tenho o sentimento de trabalho realizado e que estamos no caminho certo. Futuramente, com certeza, outras meninas podem ter mais oportunidades.”

Todas as jogadoras estão em Chapecó a mais de um ano e tiveram uma temporada vitoriosa em 2016. Elas fazem parte de um projeto coordenado pelo professor de Educação Física da EEB Lourdes Lago, Amauri Giordan, em conjunto com as Categorias de Base da Chapecoense. A parceria iniciou ano passado quando, apenas a Bruna, não fez parte do grupo que representou o clube na Copa do Brasil adulta. Elas chegaram passar para a segunda fase, mas foram eliminadas na sequência. As meninas são as atuais campeãs do Moleque Bom de Bola, Joguinhos Abertos e Campeonato Catarinense sub 17, e Campeãs Brasileiras Escolar a nível nacional.

Para seguir em busca do sonho de ser uma jogadora de futebol, as jovens precisam sair de suas casas e cidade, mas a lateral esquerda, Julia Daltoé, afirma que vale a pena. “A gente vê que vale a pena tudo o que estamos passando, porque já veio o resultado agora com essa convocação. É difícil, mas tudo tem um preço”, afirma Julia, vinda de Serra Alta-SC. Se Julia está há 80 quilômetros de casa, Beatriz muito mais. A goleira, chamada pela quinta vez, chegou em Chapecó no ano passado vinda de Americana-SP. Nesse ano a saudade tem amenizado. Dona Fabiana Bueno, mãe da jovem, deixou para trás sua cidade, dois filhos mais velhos e seu esposo para acompanhar a filha na busca de um sonho. Segundo Fabiana, cada pessoa da família tem seu momento onde precisa de mais apoio, agora é a vez de Beatriz. Ela ainda revela a possibilidade do marido também se mudar para Chapecó. “Queremos dar total apoio a ela nesse momento. É o momento dela,” afirma orgulhosa com a conquista da filha.

Texto: Rafael Bressan
Foto: Sirli Freitas

Receive news and exclusive content
Your email has been successfully registered!
Sponsors
Aurora
Havan
Unimed
Umbro