GIOVANI RIGOTTI FAZ HISTÓRIA COMO PROFISSIONAL EM FINAIS

Natural de São Domingos, Giovani Rigotti é o técnico da equipe sub-20 campeã do Campeonato Catarinense edição de 2022. Em sua carreira, Giovani atuou como atleta, preparador físico, auxiliar técnico, e agora, treinador. Disputou finais em todos os setores que trabalhou nesses 15 anos de comissão técnica.

Como atleta, Rigotti fez parte da equipe de 2001 do Verdão. Participou da pré-temporada, amistosos e treinos com a equipe profissional alviverde, mas, devido a questões estruturais, acabou não ficando. Finalizou a sua carreira jovem, com 24 anos. Relembra a decisão com o time de Caçador: “Em 1999, cheguei na final do Catarinense pelo Kindermann”, na ocasião, o revés contra a equipe do Criciúma estampou a importante medalha de prata no peito dos atletas. 

Após a aposentadoria das chuteiras, Rigotti entrou para a faculdade de Educação Física conquistando o diploma no ano de 2006. Um ano depois, em 2007, a convite de Carlinhos Almeida (gerente da Chapecoense), o jovem treinador iniciou sua carreira na beira de campo na qual assumiu a categoria sub-15. Em 2008, esteve à frente da equipe sub-17. “Sai do clube em 2009 e 2010 e voltei em 2011 como preparador físico”, conta sobre o intervalo de dois anos para estudos de pós graduação em Treinamento Esportivo e Ênfase em Futebol. Na preparação física, Rigotti menciona o feito: “Faziam-se 15 anos que não chegamos em uma semifinal e nós conseguimos”. 

Em 2012, o técnico assumiu novamente a equipe sub-17. Relembra o convite feito por Jandir Bordignon, na época, coordenador da base da Chapecoense. Salienta mais um intervalo de dois anos: “2013 e 2014 sai novamente e voltei em 2015 como preparador da equipe sub-20”. Os feitos não param e após 20 anos, novamente, chega em uma final de Catarinense da categoria. “Conseguimos revelar vários jogadores que ainda permanecem no clube”, destaca os atletas Perroti, Lima, Ronei e jogadores que não fazem mais parte do elenco como Lucas Mineiro e Vinicius Locatelli.

Rigotti voltou para a parte técnica, como treinador, em 2016. “Comecei no sub-13, na qual ficamos campeões regionais e conseguimos revelar alguns atletas que hoje estão comigo.” O meia Arthur Vanzela, o zagueiro Diego Ritter, o lateral Arthur Cominetti e o goleiro Eduardo Jaeger são frutos de trabalho antigo de Giovani. Em 2017, o são-dominguense sobe de categoria e assume a equipe sub-17. “Fizemos um Campeonato Catarinense seguro, com o atleta Bruno Silva assumindo a artilharia com 19 gols e chegamos a uma semifinal inédita de Copa do Brasil.” A equipe participou de excursões para fora do país e pondera a disputa da Copa Santiago: “Desclassificados invictos, nas quartas de finais, para o Palmeiras.” 

Após reformulação no clube, Rigotti volta para a categoria sub-15 e é campeão com campanha extraordinária de 26 jogos, 20 vitórias, cinco empates e um revés. Salienta a consagração de melhor ataque com mais de 60 gols e a revelação do defensor Tiago Coser, atualmente, no Benfica. “Em 2016, fizemos uma base para ser campeão em 2018”, diz. No ano de 2019, Giovani saiu da categoria sub-15 e assumiu a sub-17 emplacando sete atletas na equipe sub-20 para a disputa da Copa São Paulo de Futebol Junior. 

FINAL DE 2022

“É inédita para mim, minha primeira final como técnico da sub-20.” Com a conquista do título catarinense e melhor campanha registrada nos últimos anos na categoria, Giovani Rigotti escreveu mais um capítulo na memória verde e branca: “Do início ao fim tivemos méritos, é para coroar o trabalho”. Esta é a terceira taça conquistada pela Chapecoense, a primeira foi em 2016 e o bicampeonato registrado em 2018.

A Chape disputou 17 partidas, na qual somou 14 vitórias, dois empates e um revés. 40 gols foram assinalados por atletas chapecoenses e sofrendo apenas 13 tentos. A artilharia do Verdão conta com Lucas, que balançou a rede 16 vezes e a defesa menos vazada com o arqueiro Gabriel. Ótima campanha desenvolvida pela comissão do técnico Giovani Rigotti.

Notícias relacionadas


Últimas Notícias

Fechado com a Chape: Goleiro Airton é o novo reforço do Verdão

Três categorias e quatro finais: Base da Chape é destaque em Santa Catarina

Fechados com a Chape: meio-campo Kaio Mendes e atacante Danrlei são oficializados pelo clube

Chape renova contratos com Cleylton, Kevin, Ronei e Pablo Oliveira

Chapecoense é vice-campeã do Sul-Brasileiro BG Prime sub-17

×