Incontestável: O time do “surpreendente” é heptacampeão do Campeonato Catarinense

Depois de vencer o jogo de ida, na Arena Condá, pelo placar de 2 a 0, a Chapecoense entrou em campo com a vantagem e podendo perder por um gol de diferença e, mesmo assim, se sagrar campeã. Apesar disso, a equipe alviverde não se intimidou, fazendo uma partida consistente em todos os setores e promovendo um primeiro tempo de muito equilíbrio e placar fechado no Augusto Bauer.

Na etapa complementar, o Verdão – que já garantia o título com o empate parcial – voltou à campo disposto a liquidar a partida. Depois de muita pressão do time alviverde e de Willian Oliveira carimbando a trave de Zé Carlos, Anselmo Ramon, na pequena área, mandou para o fundo do gol, determinando a vitória por 1 a 0 e coroando o título alviverde.

Palavra do comandante:

Após a partida, o técnico Umberto Louzer – um dos grandes responsáveis pela conquista – falou sobre os méritos do título. “Representa muito para todos nós que estamos na Chape e representa para o clube, principalmente.  Pegamos o time em último lugar, mérito dos atletas que acreditaram na nossa ideia, no nosso trabalho. Gradativamente eles foram resgatando a confiança e fomos coroados hoje com essa conquista. Então parabenizo os atletas, a comissão, o staff, o clube, todas as pessoas envolvidas, mas o protagonismo é dos atletas e dos nossos torcedores, que não puderam acompanhar, mas de onde estavam mandaram a sua energia. Valorizar esse grupo que me abraçou, a gente tem uma sinergia muito boa, e vamos continuar trabalhando para continuar evoluindo. Mas hoje vamos celebrar, porque esse título foi uma coroação de todos os momentos difíceis que eles passaram”.

 

Por Alessandra Seidel

Notícias relacionadas


Últimas Notícias

Informação | 7 de dezembro de 2022

Alexandre Souza é o novo preparador físico da Chapecoense

Chapecoense sub-20 se reapresenta para a preparação da Copa São Paulo

Comunicado | Boletos

Fechado com a Chape: Goleiro Airton é o novo reforço do Verdão

×