Chape cai para o São Paulo na Copinha

Chegou ao fim mais uma participação da Chapecoense na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Após um jogo duríssimo e marcado por confusão da arvitragem, a Chape perdeu de 2 a 0 para o São Paulo e se despediu da competição. A partida aconteceu na noite desta quinta-feira (11), em Ribeirão Preto-SP e era válida pela segunda fase da Copinha.

Avaliada pelo técnico Rodrigo Casarin como a melhor atuação tática do Verdão na competição, a Chape fez um bom jogo no primeiro tempo. Com uma proposta de menos posse de bola a equipe marcou forte e chegou duas vezes com o atacante Alan levando perigo ao gol adversário. A chegada mais perigosa dos paulista foi com Liziero, que tentou cruzar e mandou a bola no travessão de Tiepo.

No segundo tempo, com muita chuva em Ribeirão Preto, o jogo corria bem e a Chape tinha chegado com Vini e Silvano, mas em ambas as jogadas a finalização saiu fraca e facilitou a vida do goleiro são paulino. Até que aos 15 minuto, em um lance muito confuso, o árbitro da partida expulsou o zagueiro da Chape, Ruan, um dos melhores em campo, até então, e as coisas complicaram para a Chapecoense. Logo em seguida, Toró, atacante do São Paulo, fez dois belos gols de fora da área.

Há 10 minutos do fim teve apagão no Estádio Santa Cruz por conta do mau tempo. O jogo ficou paralisado por aproximadamente 15 minutos. Quando a bola voltou a rolar, os meninos da Chape lutaram até o fim, mas não conseguiram descontar o marcador.

Casarin destaca o empenho de sua equipe e lamenta nao ir mais longe na competição. “Queríamos mais que isso é tínhamos condições. Infelizmente o árbitro fez uma lambança e nos prejudicou muito. Mas quero exaltar, acima de tudo, a entrega física e tática dos nossos atletas. Cumpriram tudo o que tínhamos traçado e correram até o último instante.”

Cezar Dal Piva, um dos diretores da base Chape, que acompanhou a Copinha in loco, reconheceu a boa atuação alviverde. “Perdemos para uma das maiores equipes do país e favorita ao título da Copa São Paulo. Ainda teve a influência da arbitragem no lance capital do jogo. Não podemos descartar o bom jogo que fizemos e o fato de termos avançado para a segunda fase dessa competição pelo segundo ano consecutivo. Estamos no caminho certo.”

Agora a categoria terá um período de férias e se reapresenta em fevereiro.

Por Rafael Bressan

Notícias relacionadas


Últimas Notícias

Informação | 7 de dezembro de 2022

Alexandre Souza é o novo preparador físico da Chapecoense

Chapecoense sub-20 se reapresenta para a preparação da Copa São Paulo

Comunicado | Boletos

Fechado com a Chape: Goleiro Airton é o novo reforço do Verdão

×